Portal de Notícias Independente

Sexta-feira, 19 de Abril de 2024

Educação

Quase 10 milhões de jovens sem ensino básico estão fora da escola

De acordo com o levantamento, divulgado nesta segunda-feira (11), a maioria desses jovens (78%) provém de famílias com renda per capita de até um salário

La Gauche
Por La Gauche
Quase 10 milhões de jovens sem ensino básico estão fora da escola
(Foto: Reuters)
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

CLIQUI AQUI- para receber notícias da Lagauche e da LGTV no WhatsApp

No Brasil, cerca de 9,8 milhões de jovens, com idades entre 15 e 29 anos - o que representa aproximadamente 19,9% da população nessa faixa etária - não completaram a educação básica (englobando educação infantil, ensino fundamental e ensino médio) e estão fora das salas de aula, conforme os dados revelados pela pesquisa Juventudes Fora da Escola, conduzida pelo Itaú Educação e Trabalho em parceria com a Fundação Roberto Marinho. Essa pesquisa baseia-se nos dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2022.

Segundo o levantamento divulgado nesta segunda-feira (11), a maioria desses jovens (78%) vem de famílias com renda per capita de até um salário mínimo (R$ 1.412,00), sendo que sete em cada dez (70%) são negros. Dentre eles, a maioria (43%) não concluiu o ensino fundamental, 22% completaram o ensino fundamental mas não prosseguiram para o ensino médio, e 35% possuem o ensino médio incompleto. A pesquisa indica que oito em cada dez desses jovens estão fora da escola há mais de dois anos, com uma média de seis anos de afastamento.

Publicidade

Leia Também:

A grande maioria (84%) desses jovens faz parte da força de trabalho, sendo que 69% estão empregados, sendo que 67% destes trabalham informalmente.

Ana Inoue, superintendente do Itaú Educação e Trabalho, ressalta: "Os dados destacam a importância do mercado de trabalho na tomada de decisão desses jovens que estão fora da escola, seja para abandonar os estudos, seja para retornar a eles. Temos o compromisso constitucional de formar profissionalmente os jovens na escola, garantindo-lhes condições para uma inserção produtiva digna e o desenvolvimento de suas carreiras."

A pesquisa também revela que 73% dos jovens têm a intenção de concluir a educação básica. Entre as principais razões para essa decisão estão a busca por melhores oportunidades profissionais, seja para obter um emprego melhor (37%) ou encontrar emprego (15%), seguido pelo desejo de frequentar a faculdade (28%).

Já os 27% que afirmam não ter intenção de completar a educação básica citaram como principais motivos a necessidade de trabalhar (32%) e o dever de cuidar da família (17%). No geral, 92% dos jovens concordam que concluir a educação básica melhoraria suas perspectivas de emprego.

O Ministério da Educação, em comunicado, informou que o governo federal lançou em 2024 o programa Pé-de-Meia, voltado para apoiar a permanência e conclusão dos estudos de alunos matriculados no ensino médio público. O programa visa democratizar o acesso à educação e reduzir as disparidades sociais entre os jovens do ensino médio, promovendo inclusão social por meio da educação e estimulando a mobilidade social.

https://acesse.one/LivrosnaAmazon

Comentários:
La Gauche

Publicado por:

La Gauche

Lorem Ipsum is simply dummy text of the printing and typesetting industry. Lorem Ipsum has been the industry's standard dummy text ever since the 1500s, when an unknown printer took a galley of type and scrambled it to make a type specimen book.

Saiba Mais

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )