Portal de Notícias Independente

Sexta-feira, 19 de Abril de 2024

Brasil

"Porsche assassino?" Globo é acusada de esconder identidade de jovem rico que matou motorista de aplicativo em acidente

Matéria foi publicada no X e gerou revolta dos internautas

La Gauche
Por La Gauche
Fernando Sastre de Andrade Filho (Foto: Reprodução/Brasil Urgente/TV Bandeirantes)
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

CLIQUE AQUI-  para receber notícias da Lagauche e da LGTV no WhatsApp

Um artigo publicado no X através do perfil do jornal O Globo sobre o incidente envolvendo Fernando Sastre de Andrade Filho, o motorista do Porsche que colidiu com um Sandero e resultou na morte de um motorista de aplicativo em São Paulo, provocou críticas nas mídias sociais.

Nos comentários do artigo intitulado "Porsche envolvido em acidente fatal em SP custa R$ 1 milhão e alcança 100 km/h em apenas quatro segundos", os usuários das redes sociais acusam o portal de ocultar a identidade do jovem responsável pelo atropelamento. 

Publicidade

Leia Também:

Mais informações - A Justiça de São Paulo negou o pedido de prisão temporária de Fernando Sastre de Andrade Filho, o motorista do Porsche que colidiu com um Sandero e resultou na morte de um motorista de aplicativo na capital paulista. De acordo com informações fornecidas ao portal UOL pela defesa do motorista, o incidente foi classificado como "uma tragédia" e foi afirmado que o jovem não fugiu da cena do acidente - ao contrário do que foi alegado pelas autoridades. No entanto, as autoridades têm uma versão diferente dos acontecimentos: Fernando teria deixado o local do acidente e recusou-se a fazer o teste do bafômetro, apesar da presença de policiais militares.

Aqui está a reação nas mídias sociais:

 

 

https://acesse.one/EletronicosnaAmazon

BUSQUE SUA CURA COM TERAPIAS COMO REIKI E CONSTELAÇÃO SISTÊMICA FAMILIAR

Comentários:
La Gauche

Publicado por:

La Gauche

Lorem Ipsum is simply dummy text of the printing and typesetting industry. Lorem Ipsum has been the industry's standard dummy text ever since the 1500s, when an unknown printer took a galley of type and scrambled it to make a type specimen book.

Saiba Mais

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )